Espaço gourmet valoriza área de convivência no condomínio

Além do salão de festas, área quase onipresente nos condomínios residenciais de médio e grande porte, outro ambiente de uso comum vem agregando valor

Espaço gourmet valoriza área de convivênciaAlém do salão de festas, área quase onipresente nos condomínios residenciais de médio e grande porte, outro ambiente de uso comum vem agregando valor a imóveis residenciais: o espaço gourmet. Enquanto o primeiro é destinado a eventos com muitas pessoas, o outro funciona como uma extensão do ambiente doméstico onde a ideia é poder preparar as refeições interagindo com as pessoas em uma atmosfera mais pessoal e intimista.

Sofia Nóbrega, sócia do FND, afirma que o layout do espaço gourmet costuma ser uma grande mesa retangular para 8 a 14 pessoas com apoio de bancadas e equipamentos de cozinha. “As dimensões mínimas dependem da geometria e disposição do espaço existente, porém a partir de 25m² podemos ter os equipamentos básicos de apoio e uma mesa com oito lugares”, explica a arquiteta.

Decoração – O uso de materiais nobres e o espaço corretamente projetado proporciona conforto visual. De acordo com a arquiteta, os materiais associados ao ambiente são sempre aqueles que demonstram elegância, sofisticação, sensação de aconchego e bem estar. São indicados revestimentos de pedras naturais (mármores, granito, mosaico de pedras locais), peças de mobiliário ou revestimento de parede em madeira, vidro e aço inox. No piso, costumam ser utilizados os porcelanatos mais claros que expandem o ambiente. “A iluminação é outro fator importante no ambiente. A criação de cenários para cada tipo de interação social, seja na hora do jantar quanto em uma roda de conversa, pode elevar a sensação de conforto”, destaca Sofia. Para isso, são utilizados efeitos como iluminação indireta para a iluminação geral (uso de sancas e plafons com iluminação difusa) e uso de pendentes e spotlights para destacar os elementos importantes, como as mesas e bancadas onde estarão localizadas as refeições.

Uma dica para os condomínios que planejam criar novos ambientes como o espaço gourmet é utilizá-lo de maneira mais aberta, funcionando como uma extensão do salão de festas ou área da piscina. Outra opção mais reservada é propor um espaço separado das áreas comuns, com o fechamento das janelas com cortinas ou vidro, com efeito, jateado ou acidato. Para máximo aproveitamento dos recursos disponíveis, é fundamental contar com assessoria profissional para o projeto.

Na opinião da arquiteta Sofia Nóbrega, um ambiente climatizado é sempre bem vindo, pois dá ao usuário a possibilidade de escolha da forma de utilização do local. Ela dá dicas de produtos para serem instalados: “os equipamentos mais comuns são uma bancada com cuba, forno e fogão do tipo cooktop ou de embutir, além de uma coifa para poder captar os cheiros e fumaças provenientes do preparo do alimento. Pode-se também acoplar novos equipamentos para incentivar o seu uso, como churrasqueira e forno a lenha, dependendo da disponibilidade de espaço no local a ser projetado”, sugere a profissional do FND Arquitetos.

 

 

 

 

 

fonte: Jornal do Síndico

 

Conheça nossos serviços: