EPIs para serviços de limpeza de condomínios: Quais são e qual a importância?

Uso de EPIs ara serviços de limpeza

Os EPIs para serviços de limpeza são essenciais para cada trabalhador e proporcionam as condições necessárias para que um bom trabalho seja executado.

Os EPIs – também chamados de Equipamentos de Proteção Individual – são essenciais para os trabalhadores da limpeza.

São itens que protegem o trabalhador que pode escorregar, inalar gases liberados por produtos químicos ou ter alergias severas causadas pelo seu manuseio.

Conheça quais são os principais EPIs para serviços de limpeza e tenha-os à disposição dos seus funcionários em seu condomínio!

Qual a importância dos EPIs para a limpeza dos condomínios?

Qual a importância dos EPIs para a limpeza dos condomínios?

Os EPIs são itens essenciais para a limpeza de condomínios. Eles atuam, sobretudo, protegendo o trabalhador.

Quando um empregado do seu condomínio trabalha sem EPIs, ele está exposto a lesões de pele, respiratória ou até sofre o risco de cair.

Assim, é dever do condomínio proteger o seu trabalhador responsável pela limpeza do ambiente, fornecendo os itens necessários para que se mantenha sempre protegido.

Quais são os riscos envolvidos no processo de limpeza do condomínio?

Quais são os riscos envolvidos no processo de limpeza do condomínio?

Quando pensamos a respeito dos riscos de fazer a limpeza do condomínio encontramos alguns fatores que podem acentuar as lesões as quais os funcionários estão sujeitos.

Os riscos químicos envolvem os produtos que são utilizados para a limpeza.

Desde o desinfetante até a água sanitária utilizada para que os ambientes sejam limpos oferecem riscos ao trabalhador.

Se acidentalmente inalados ou ingeridos, podem desenvolver graves danos ao corpo. Já em contato com a pele, podem desenvolver alergias severas.

Assim, o cuidado que o condomínio deve promover à sua equipe de trabalho se reflete nos equipamentos utilizados para a prevenção deste tipo de acidente.

No entanto, não é só ao risco químico que a equipe de limpeza está exposta.

O risco biológico é aquele que está relacionado à infecção por vírus ou bactérias, decorrente do contato do trabalhador com pó, com lixo ou, até mesmo, com outras matérias orgânicas.

Assim, quando não são utilizados os EPIs para serviços de limpeza, o trabalhador fica exposto também a este tipo de risco.

Já em relação à movimentação do trabalhador para a execução do seu trabalho, também notamos que constantemente está exposto em áreas molhadas ou úmidas.

A partir disso, identificamos também os riscos mecânicos e ergonômicos.

Os riscos mecânicos estão relacionados a tudo aquilo que envolve a segurança do corpo do trabalhador.

Assim, escorregar, cair, levar choques ou qualquer outro acidente que possa levá-lo a se machucar, deve também estar previsto em forma preventiva nos EPIs para serviços de limpeza.

Por fim, os riscos ergonômicos também estão associados a esses eventos.

Temos como exemplo a má postura para caminhar devido a um calçado inadequado para o trabalho em áreas molháveis ou úmidas pode desencadear lesões graves de coluna.

Quem é o responsável por garantir que os profissionais estejam utilizando os EPIs para serviços de limpeza corretos?

Quem é o responsável por garantir que os profissionais estejam utilizando os EPIs para serviços de limpeza corretos?

É um dever de todos garantir que os trabalhadores do condomínio tenham acesso e utilizem os EPIs para serviços de limpeza.

A orientação, no entanto, deve ser sempre realizada tanto pelo síndico quanto pela terceirizada que os contrata, caso se aplique.

Ainda, da mesma forma que se fiscaliza a utilização também deve ser feito o treinamento para o uso correto dos EPIs.

Conheça os 5 principais EPIs para serviços de limpeza em condomínios

Conheça os 5 principais EPIs para serviços de limpeza em condomínios

1 – Luvas de proteção

As luvas de proteção são um dos EPIs para serviços de limpeza mais essenciais.

São elas que evitam o contato direto com produtos químicos, fornecendo proteção adequada à pele dos trabalhadores.

Se o trabalhador necessitar levantar ou carregar itens mais volumosos ou pesados, também é essencial que elas contem com antiderrapantes.

2 – Botas de segurança

Já as botas de segurança são itens que promovem a redução do risco ergonômico e do risco mecânico.

Sendo elas produtos antiderrapantes, são essenciais para trabalhadores que estão constantemente em áreas úmidas ou molhadas.

3 – Máscara de proteção

A máscara de proteção é também um dos EPIs para serviços de limpeza essenciais, sobretudo para trabalhadores expostos a riscos químicos e biológicos.

Como fornecem maior purificação do ar, são capazes de reter gases e cheiro forte de produtos de limpeza ao mesmo tempo que protegem o sistema respiratório de vírus e bactérias.

4 – Óculos de proteção

O uso de óculos de proteção é essencial para prevenir acidentes químicos que podem ferir com gravidade um trabalhador sem EPIs para serviços de limpeza.

Sempre que ele for manusear qualquer produto químico deve utilizar os óculos de proteção, bem como quando for manusear sacos de lixo.

5 – Macacões especiais

Os macacões especiais fornecem proteção extra à pele do trabalhador, evitando que produtos químicos, vírus ou bactérias atinjam o seu corpo.

Embora sejam menos utilizados, são, ainda, equipamentos essenciais para quem for executar a limpeza de fachadas, por exemplo.

Coronavírus: Como os EPIs para serviços de limpeza evitam a disseminação do vírus?

Em meio à atual pandemia provocada pelo novo Coronavírus, os EPIs para serviços de limpeza como máscaras e luvas passaram a ser parte da rotina de muitas pessoas.

Assim, observamos não só a necessidade de termos pessoal treinado para a utilização dos EPIs quanto a eficiência desses equipamentos para a preservação da nossa saúde.

Garantir que tenhamos acesso à máscaras – ainda que sejam feitas de tecido – é essencial, neste momento, para formarmos uma barreira contra o contágio pelo vírus.

As luvas, ao mesmo tempo, nos protegem do contato com superfícies que possam estar infectadas.

Dessas mesmas formas o trabalhador deve seguir protegido.

Agora, não somente contra químicos ou formando uma barreira preventiva na hora de manipular o lixo.

Mas, sobretudo, para garantir que ele também não se contamine com o vírus em seu local de trabalho, garantindo também sua saúde plena.

Conclusão

A utilização dos EPIs para serviços de limpeza é essencial para a manutenção da boa saúde dos trabalhadores do nosso condomínio.

O dever de fiscalizar a sua utilização não é somente do síndico ou da empresa terceirizada que o contrata.

Como o serviço de limpeza é uma necessidade do condomínio e um benefício aos seus moradores, cabe a todos garantir que os profissionais tenham acesso e possam utilizar EPIs.

Com os instrumentos corretos para a garantia da saúde dos trabalhadores, certamente haverá uma melhor execução dos serviços.

E, mais do que isso, mais qualidade de vida para quem os presta.

Quer saber mais sobre como garantir o melhor serviço para a limpeza do seu condomínio?

A Roche, em Minas Gerais, conta com uma equipe de profissionais para executar a limpeza e a conservação do condomínio!

Vem conversar conosco sobre a melhor solução de limpeza para a sua necessidade!